Este site tem certas restrições de navegação. Recomendamos o uso de navegadores web como: Edge, Chrome, Safari ou Firefox.

Aproveite para cuidar de você!

Carrinho de Compras

O seu carrinho está vazio

Continuar as Compras

COMO ESCOLHER O MELHOR TIPO DE MAGNÉSIO

Que o magnésio é essencial em nossas vidas, não temos dúvidas!

Esse poderoso mineral participa de mais de 350 reações bioquímicas fundamentais, incluindo a síntese de proteínas, função muscular e nervosa, controle de glicose no sangue e regulação da pressão arterial. O magnésio é necessário para a produção de energia e para o desenvolvimento estrutural do osso.

Além disso, o magnésio está relacionado ao transporte de íons de cálcio e potássio através de membranas celulares. Esse processo é essencial para a condução de impulsos nervosos, controle do ritmo cardíaco e contração muscular.

DEFICIÊNCIA DE MAGNÉSIO

A deficiência de magnésio tem como sintomas a perda de apetite, náuseas, vômitos, diarreia, confusão, tontura, pele ressecada, unhas fracas, tremores, perda de coordenação e, ocasionalmente, convulsões fatais. A deficiência de magnésio às vezes é associada a deficiência simultânea de cálcio e potássio.

A deficiência de magnésio aumenta o risco de acidente vascular cerebral, anemia, poliúria, tensão pré-menstrual, disritmias cardíacas (alteração do ritmo cardíaco normal) e desordens estéticas como acne e celulite.

TIPOS DE MAGNÉSIO

Hoje em dia, no mercado farmacêutico, existe uma infinidade de opções e variações que podem ser utilizadas como suplemento alimentar de magnésio.

Entenda suas diferenças e indicações:

CLORETO DE MAGNÉSIO: o mineral é combinado com cloro (não confundir com o utilizado em piscinas). Possui excelente absorção e biodisponibilidade. Todavia, a composição apresenta menos magnésio elementar que outros suplementos. Se ingerido da maneira e quantidade recomendadas, fornece o que o nosso organismo necessita diariamente.

Veja mais sobre esse produto em: https://www.multiformulas.com.br/cloreto-de-magnesio-pa-33g.html

MAGNÉSIO QUELATO: o glicinato ou bisglicinato de magnésio é a fonte de magnésio atual e moderna, resultante da união do aminoácido glicina com o mineral magnésio por ligação quelato formando o componente conhecido como Magnésio Quelato. O ingrediente quelato apresenta alto teor de magnésio e uma das formas mais biodisponíveis, absorvíveis e seguras de magnésio. Normalmente indicado para indivíduos que precisam superar deficiências de magnésio na alimentação.

Veja mais sobre esse produto em: https://www.multiformulas.com.br/magnesio-quelato-200mg-capsulas.html

MAGNÉSIO DIMALATO: nesse caso, é combinado com ácido málico que participa do Ciclo de Krebs (metabolismo energético). Quando em contato com o intestino, ambos se separam e cada um vai cumprir as suas funções, pois a ligação entre ambos é muito fraca. Ou seja, por ter duplo benefício ao ingeri-lo, estudiosos preferem o Dimalato, principalmente nos casos de fadiga crônica e cansaço, pois se otimiza a produção de energia. Auxilia na redução do stress, da ansiedade e depressão. Também tem comprovada eficácia na redução de arritmias cardíacas e dores no peito, reduz a fadiga crônica e as dores musculares associadas à fibromialgia e osteoporose. Além disso, melhora a memória e reduz a insônia.

Veja mais sobre esse produto em: https://www.multiformulas.com.br/magnesio-dimalato-500mg-60-capsulas.html

MAGNÉSIO GLICIL GLUTAMINA: é um composto em que o magnésio é quelado com uma molécula de glicina e uma de glutamina. O resultado é uma molécula altamente biodisponível que contém nutrientes fundamentais para a resposta imunológica, síntese proteica, integridade intestinal. Essa versão ajuda na recuperação da massa muscular, principalmente indicado para os praticantes de atividades físicas.

Veja mais sobre esse produto em: https://www.multiformulas.com.br/magnesio-glicil-glutamina-200mg-auxilia-no-ganho-de-massa-muscular-6683.html

MAGNÉSIO TREONATO: é uma forma altamente absorvível de magnésio capaz de atravessar a barreira hematoencefálica e facilmente forçar o seu caminho através das membranas celulares. Estudos recentes tanto em modelo animal, in vitro e em humanos demonstram as propriedades do treonato de magnésio em melhorar a função cognitiva, proporcionando um aporte maior do treonato e do magnésio no hipocampo, melhorando a densidade e a função neuronal. Sendo como as principais funções seu uso para melhora do aprendizado, da memória e da cognição, reduz a ansiedade e o estresse e também é eficaz para doença de Alzheimer.

MAGNÉSIO INOSITOL: A associação ideal para mente e corpo saudáveis! O uso do magnésio promove relaxamento mental e corporal. Como consequência, a suplementação com este mineral garante uma noite de sono com melhor qualidade. O inositol – vitamina do complexo B - encontrado nas membranas celulares, especialmente o cérebro – potencializa a ação do magnésio, tornando seu efeito relaxante ainda mais potente. Age no funcionamento do sistema nervoso, nutrindo as células cerebrais e, desta forma, auxiliando na transmissão de impulsos nervosos, melhorando o funcionamento da memória. Magnésio Inositol previne dores musculares e ósseas, sendo também um ativo preventivo da osteoporose. Outras aplicações terapêuticas são: queima de gorduras, combate ao colesterol ruim, quadros de depressão, síndrome do pânico e transtornos bipolares.

MAGNÉSIO TAURATO: É uma molécula composta por magnésio e aminoácido de taurina. Esse sinergismo permite melhorar a capacidade deste mineral de entrar diretamente nas células. Esta é uma das formas mais biodisponíveis de magnésio no mercado. Magnésio taurato é um interesse suplemento nutricional para atletas por se apresentar como um antioxidante em treinos de resistência e redutor da fadiga muscular. A taurina presente no composto aumentaria a quantidade de cálcio liberada nas células musculares, potencializando assim a contraçăo muscular.

MAGNÉSIO CITRATO: É uma formulação ácida, que também é usada como laxante. Alguns estudos indicam que esse composto pode interferir no metabolismo do cobre, portanto, pessoas com distúrbios hepáticos devem consumir com precaução. Como o citrato de magnésio atrai a água para os intestinos de outras áreas do corpo, as pessoas que a usam devem beber bastante água com ela. Eles também devem beber fluidos adicionais ao longo do dia para evitar a desidratação.

CARBONATO DE MAGNÉSIO: Sua melhor indicação de uso é como antiácido. indicado para Síndromes ácido-pépticas, hipercloridria, úlcera péptica, refluxo gastro-esofágico, hemorragia gastrintestinal como consequência de gastrite aguda e ulceração por estresse.

Ahh e só para lembrar, consulte sempre um especialista antes de suplementar ok? Evite a automedicação! 😉

Gostou de aprender um pouquinho mais sobre os diferentes tipos de magnésio?

Acompanhe nosso blog e fique sempre por dentro das nossas novidades e dicas em saúde e beleza!