Este site tem certas restrições de navegação. Recomendamos o uso de navegadores web como: Edge, Chrome, Safari ou Firefox.

Aproveite para cuidar de você!

Carrinho de Compras

O seu carrinho está vazio

Continuar as Compras

7 cuidados essenciais com a saúde no inverno.

 

Os cuidados com a saúde são essenciais em qualquer época do ano e devem acontecer diariamente. Hábitos saudáveis, boa alimentação, tempo para lazer, entre outros, são importantes para todas as pessoas e proporcionam mais qualidade de vida e sensação de bem-estar.

No entanto, intensificar esses hábitos na época mais fria do ano ajuda a prevenir doenças, deixando você e toda a sua família mais saudável.

Com a chegada dos dias mais frios, os cuidados com a saúde precisam ser redobrados. A queda da temperatura, associada à baixa umidade do ar, faz com que nosso organismo sinta a mudança climática, tanto interna quanto externamente. Somado a isso, há uma concentração maior de poluentes, favorecendo principalmente o desenvolvimento de doenças respiratórias, como gripes, resfriados e até pneumonias.

Para evitar que isso não aconteça com você, ou com as pessoas que ama, a Multi separou 7 dicas simples para você por em prática e, assim, aproveitar tudo de bom que essa estação do ano traz.

1- Beba mais água

Muitas pessoas tem dificuldade de ingerir a quantidade suficiente de água até nos dias de calor e no inverno fica ainda mais complicado, pois é mais difícil de sentirmos sede.

Acontece que a água é essencial para manter o bom funcionamento do nosso organismo de maneira geral. Além de manter nosso metabolismo em dia, a água ajuda a hidratar a pele e a garganta, o que é muito importante especialmente nos dias em que o ar está mais seco.

2- Mantenha os ambientes arejados

Uma tendência muito comum nos dias frios é fechar todas as janelas para deixar o ambiente mais quente. Fazendo isso você impede a circulação de ar, colaborando para o surgimento das doenças típicas dessa época que, ao contrário que muitos pensam, aumentam no inverno não pela baixa temperatura, mas pela aglomeração de pessoas em um mesmo local fechado.

Por esse motivo, mantenha ao menos uma janela aberta para que haja circulação de ar na sua casa e ambiente de trabalho.

3- Não descuide da alimentação

No inverno também é normal sentirmos mais fome, pois naturalmente, nosso organismo pede mais nutrientes para nos manter aquecidos. Consequentemente, acabamos comendo mais alimentos calóricos e menos nutritivos.

No entanto, é muito importante nos policiarmos para continuar mantendo uma alimentação saudável, consumindo diariamente frutas, legumes e verduras. Não só para evitar o ganho de peso, mas também pelos nutrientes contidos nesses alimentos ajudarem a prevenir muitas doenças e colaborar para manter nosso sistema imunológico fortalecido.

4- Se necessário, suplemente sua alimentação

Afinal, com a correria do dia a dia, sabemos que manter uma alimentação balanceada é um grande desafio, principalmente para crianças e idosos que tem dificuldade em ingerir variedades de alimentos.

Por isso você pode apostar em vitaminas específicas para ajudar na imunidade, veja abaixo alguns exemplos disponíveis na Multi:

IMUNO BOOSTER: elaborado com ativos específicos e vitaminas, minerais, probióticos, além de substâncias antioxidantes, que promovem elevado poder antirradicais livres, apresentando-se como uma proposta eficaz para manutenção da saúde, pois mantém o sistema imunológico fortalecido e a microbiota intestinal saudável, ajudando evitar o aparecimento de doenças relacionadas à baixa imunidade e à diminuição brusca da resistência do organismo de forma natural e segura.

Veja mais sobre esse produto em: https://www.multiformulas.com.br/imuno-booster-30-doses.html

IMUNO KIDS: um suplemento a base de vitaminas, minerais e probióticos em um delicioso sabor morango, que serve de nutrientes para as células imunológicas, reforçando as defesas do organismo dos pequenos. Indicado para crianças acima de 2 anos.

Veja mais sobre esse produto em: https://www.multiformulas.com.br/imuno-kids-30-saches.html

IMUNO SÊNIOR: formulado em sachês e com delicioso sabor de morango, o imuno sênior facilita a adesão pelos idosos ao tratamento, visto que a maioria deles tem dificuldade em deglutir cápsulas.

Seu uso diário e contínuo mantém a integridade das defesas do organismo, aumentando sua resistência, prevenindo o aparecimento de doenças oportunistas e garantindo a saúde geral, além de prevenir e aliviar os sintomas de doenças como alergias, gripes e resfriados.

Veja mais sobre esse produto em: https://www.multiformulas.com.br/imuno-senior-30-saches.html

IMUNO VIT: conta com vitaminas essenciais que agem sinergicamente e estimulam a produção de células de defesa, que fazem parte do sistema imunológico e que tem a função de combater micro-organismo e estruturas estranhas ao corpo. Assim, o IMUNO VIT ajuda a fortalecer o sistema imunológico, deixando nosso corpo menos suscetível a doenças oportunistas.

Veja mais sobre esse produto em: https://www.multiformulas.com.br/imuno-vit-30-doses.html

IMUNO X: um suplemento a base de Vitamina C e Fitoterápicos específicos para aumentar imunidade.

Uncária Tomentosa: Estimulante do sistema imunológico, antibacteriano, antifúngico, antiviral, anti-inflamatório, antioxidante, antiagregante plaquetário.

Vitamina C: Ela atua diretamente nas nossas células de defesa, os glóbulos brancos. Seus componentes ajudam a combater micro-organismos causadores de doenças e contribuem no fortalecimento de anticorpos.

Própolis: O própolis é uma mistura de pólen, cera e resinas vegetais que as abelhas coletam por meio das enzimas salivares. Ele conta com vários efeitos benéficos, entre eles, imunomodulador, antibacteriano, antiviral, antiprotozoário, antifúngico e anti-inflamatório, antioxidantes, entre outros.

Lisina: Aumenta a imunidade em processo virais como a gripe e o herpes.

Allium Sativum: O alho tem a capacidade de aumentar as defesas do nosso organismo, contribuindo com a melhora da imunidade. O alho também tem em sua composição algumas vitaminas: A, B1, B2, C e minerais como cálcio, enxofre, iodo, magnésio, selênio, sódio e zinco.

Veja mais sobre esse produto em: https://www.multiformulas.com.br/imuno-x-30-doses.html

5- Pratique exercícios físicos regularmente

Outro hábito que as pessoas costumam deixar de lado nos dias mais frios, porém a prática de atividade física é valiosa para nossa imunidade. Além disso, estar em movimento ajuda no combate a preguiça, melhora o humor, estimula a hidratação, melhora a qualidade do sono e aquece a musculatura.

6- Hidrate mais a pele

A nossa pele é um dos órgãos que mais sofrem no inverno, por isso, os cuidados com a saúde nesses meses mais frios podem começar por ela.

O ressecamento cutâneo acontece, principalmente, pela junção de dois fatores: menor transpiração corporal e banhos mais quentes. O resultado é a diminuição da hidratação natural da pele, deixando-a com aspecto ressecado e sem brilho.

A dica é deixar as esponjas de banho de lado, pois elas ajudam aumentar ainda mais o ressecamento da pele, diminuindo sua barreira de proteção natural. Invista em bons cremes hidratantes e óleos de banho.

Os lábios também costumam sentir muito os efeitos do frio e do tempo seco, por isso é sempre importante contar com um bom hidratante labial.

Veja mais sobre Balm Labial em: https://www.multiformulas.com.br/lip-balm-repair-5g.html

7- Higienize as mãos com frequência

Gripes e resfriados são muito comuns nessa época. Podem ir desde uma pequena coriza até febre, fadiga e dores no corpo. Principalmente em tempos de Covid, prevenção nunca é demais e a melhor forma de fazê-la é higienizando as mãos. Esse hábito tão importante previne e reduz as chances de infecções por vírus e bactérias. Vale deixar um álcool em gel na bolsa, caso não tenha torneira por perto.

Gostou das dicas para ter um
inverno mais saudável?

Acompanhe nosso blog e fique sempre por dentro das novidades e dicas de saúde e beleza!

“As informações fornecidas neste site destinam-se ao conhecimento geral e não devem ser um substituto para o profissional médico ou tratamento de condições médicas específicas. Procure sempre o aconselhamento do seu médico, farmacêutico ou outro prestador de cuidados de saúde qualificado com qualquer dúvida que possa ter a respeito de sua condição médica. As informações contidas aqui não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Evite a automedicação.”