Este site tem certas restrições de navegação. Recomendamos o uso de navegadores web como: Edge, Chrome, Safari ou Firefox.

Aproveite para cuidar de você!

Carrinho de Compras

O seu carrinho está vazio

Continuar as Compras

6 dicas para aumentar a Libido

A libido nada mais é que o nome que se dá ao desejo sexual, que faz parte do instinto do ser humano, mas que pode ser influenciado por questões físicas ou emocionais, e, por isso, pode estar aumentado ou diminuído em algumas pessoas, em determinadas fases da vida.

Os hormônios que controlam a libido são a testosterona nos homens e o estrogênio nas mulheres, e por isso em determinados períodos do mês é normal que a mulher tenha maior ou menor interesse sexual. Normalmente as mulheres tem a libido mais aumentada durante o seu período fértil.

Vários fatores podem ocasionar a falta de libido, como estresse, ansiedade, problemas no relacionamento e uso de medicamentos, sendo importante identificar a causa para que possam ser tomadas atitudes que tenham como objetivo aumentar o desejo sexual.

O que pode causar a falta de libido

A falta de libido pode ser causada devido à diminuição dos hormônios que controlam o desejo sexual e a outros fatores, como por exemplo:

  • Uso da pílula anticoncepcional;
  • Traumas emocionais;
  • Doenças como anemia, cirrose e hipotireoidismo;
  • Estresse, ansiedade ou depressão;
  • Impotência sexual;
  • Menopausa;
  • Dor durante a relação sexual;
  • Disfunção hormonal;
  • Problemas no relacionamento;
  • Uso de medicamentos como ansiolíticos e antidepressivos.

Além disso, também é importante lembrar que podemos ter o desejo diminuído em períodos de tensão, cansaço ou frustração.

Assim, alguns passos simples que podem ajudar a melhorar bastante a saúde e consequentemente ajudar aumentar a libido, incluem:

  1. Pratique exercício físico

Praticar exercício físico regularmente melhora o condicionamento físico, a disposição e a autoestima. Além disso, durante o exercício o corpo libera hormônios como a adrenalina, noradrenalina e endorfinas que dão energia, prazer e bem estar.

  • Alimentos afrodisíacos

Alimentos como pimenta, açafrão, gengibre e ginseng favorecem a produção hormonal e melhoram a circulação sanguínea, favorecendo o contato íntimo. Estes devem ser consumidos diariamente e se possível em todas as refeições para que tenham o efeito esperado.

  • Suplementos naturais

Seguindo a mesma linha de pensamento dos alimentos afrodisíacos, também podemos contar com o auxilio dos suplementos naturais para auxiliar no aumento da libido de maneira mais prática. Veja alguns exemplos:

  • Testofen® é um extrato 100% natural, obtido da semente do Feno Grego, que contém mais de cem fitoquímicos diferentes. Testofen® modula o aumento da testosterona livre em níveis saudáveis, com consequente estímulo do desenvolvimento muscular, a partir do aumento de força e massa muscular, além de possuir ação estimulante sexual e aumentar a libido. Testofen® é padronizado em 50% Fenuside™.

Veja mais em: https://www.multiformulas.com.br/saude-1035/libido/testofen-300mg.html

  • A Maca Peruana ganhou fama pelo Mundo principalmente pelos seus poderes afrodisíacos, embora ofereça muitos outros benefícios. É uma poderosa raiz nativa da região andina do Peru, de nome científico Lepidium meyenii, cultivada entre 4000 a 4500 metros de altitude.

O nome “Viagra dos Incas”, como também é chamada a Maca, se originou através de uma lenda local. A história conta que um imperador exigiu que os soldados consumissem a raiz para aumentar a energia na hora do combate. O plano deu certo e os guerreiros venceram mais batalhas. Por outro lado, o apetite sexual deles também aumentou.

Veja mais em: https://www.multiformulas.com.br/saude-1035/libido/maca-peruana-500mg.html

  • KSM 66 é um ativo extraído da raiz de Ashwagandha (Withania somnifera 5% whitanolides), tradicional da medicina Ayurvédica com propriedades adaptógenas. KSM-66® atua, de uma forma geral, na disfunção sexual modulando a resposta ao estresse mediado pelo eixo HPA (hipotálamo-hipófise-adrenal), ocasionando redução dos níveis de cortisol sanguíneo, diminuindo assim o estresse e a ansiedade. Na disfunção sexual masculina, o KSM-66® eleva os níveis de testosterona no sangue e regula outros hormônios reprodutivos, afetando positivamente a qualidade do sêmen. Já na disfunção sexual feminina que está relacionada com a ansiedade e fadiga, dificultando a excitação sexual, KSM-66® atua no GABA, melhorando a libido, aumentando a produção de hormônios luteinizantes e reduzindo os níveis do hormônio folículo estimulante e prolactina. Além disso, o KSM-66® melhora a resistência cardiorrespiratória e o tônus muscular, por aumentar a produção de energia mitocondrial e por diminuir a atividade da enzima Mg2ATPase que é responsável pela quebra do ATP.

Veja mais em: https://www.multiformulas.com.br/delicias-multi-1030/bombons-choco-seduction-10-unidades.html

  • O Epimedium tem sido utilizado por milhares de anos como um potenciador da libido, tanto para homens quanto para mulheres, melhora a função erétil e alivia os desconfortos da menopausa.
  • Tome banhos de sol

A exposição solar no início da manhã e no final da tarde, após as 16h não traz riscos para saúde e aumenta a absorção de vitamina D, fortalecendo os ossos. Além disso, ela também traz benefícios para a saúde sexual porque aumenta a produção hormonal e também melhora a auto estima, favorecendo o contato íntimo.

  • Dedique tempo ao parceiro/a

Momentos de lazer, descanso e diversão juntos proporcionam mais afeto e carinho ao relacionamento. Que tal sair um pouquinho da rotina?

  • Procure ajuda médica

Caso já tenha tentado todas as alternativas acima e ainda não tenha sentido melhora na libido, o ideal é procurar um médico endocrinologista para conferir como anda seus hormônios.

Gostou das dicas da Multi para aumentar a libido?

Acompanhe nosso blog e fique sempre por dentro das novidades e dicas de saúde e beleza!

“As informações fornecidas neste site destinam-se ao conhecimento geral e não devem ser um substituto para o profissional médico ou tratamento de condições médicas específicas. Procure sempre o aconselhamento do seu médico, farmacêutico ou outro prestador de cuidados de saúde qualificado com qualquer dúvida que possa ter a respeito de sua condição médica. As informações contidas aqui não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Evite a automedicação.”